*Este blog não é canal oficial para nenhum grupo ou personalidade; não visa atrair nenhum indivíduo ou grupo para fazer parte de qualquer grupo. Liberdade, Soberania e Abundância ilimitada para todos. Confie na sua intuição e procure sempre a validação ou não das informações postadas aqui em outras fontes. Você é o único dono de sua Energia (corpo.mente.alma.emoções), da sua Vida e o único Senhor de Si Mesmo, com a bênção do seu Criador.*

terça-feira, 18 de abril de 2017

Antártida e os Aprisionados Anjos Caídos do Livro de Enoch _ 04.4.2017


tradução de contato estelar:

Escrito por Dr.Salla em 04 abril 2017

Antártida e os Aprisionados Anjos Caídos do Livro de Enoch

Antarctica and Imprisoned Fallen Angels from the Book of Enoch
Written by Dr Michael Salla on April 4, 2017.
http://exopolitics.org/antarctica-and-imprisoned-fallen-angels-from-book-of-enoch/

Em 14 de março, “Israel News Live” publicou uma história provocadora intitulada "Os Anjos Caídos Presos na Antártida e ainda estão Vivos". O comentarista, Steven Ben-Nun, analisou o livro apócrifo de Enoque [Book of Enoch], que descreve as experiências de Enoque, uma figura bíblica antediluviana, que foi levada aos céus para testemunhar e desempenhar um papel fundamental em um grande conflito celestial.

Enoque tornou-se o principal intermediário entre os dois lados do conflito entre os "Anjos Caídos" e os "Anjos Justos" servindo a uma divindade conhecida como "o Senhor". Houve várias questões no conflito, como o acasalamento dos anjos caídos e / ou a realização de experimentos genéticos com a Humanidade, e a transferência de conhecimento e tecnologias proibidas para a civilização Humana ainda em desenvolvimento.

O Livro de Enoque começa com a chegada de 200 Anjos Caídos na área do Monte Hermon, que faz fronteira com o moderno Líbano e Síria. Os Anjos Caídos começaram o acasalamento e / ou modificação genética dos habitantes locais.

[Nota de contato estelar: As traduções nesta postagem de “ O Livro de Enoque” não são de contato estelar e foram retiradas de: http://www.buscandoluz.org/estudos/133_O%20Livro%20de%20Enoque.pdf
Existe uma diferença de numeração entre a fonte usada pelo Dr.Sala neste artigo e a tradução mencionada acima, igual a muitas outras, por isso para boa ordem, mantive o original e a tradução]


7.1 E aconteceu depois que os filhos dos homens se multiplicaram naqueles dias, nasceram-lhe filhas, elegantes e belas.
6.1 And it came to pass, when the sons of men had increased, that in those days there were born to them fair and beautiful daughters.


7.2 E quando os anjos, os filhos dos céus, viram-nas, enamoraram-se delas, dizendo uns para os outros: Vinde, selecionemos para nós mesmos esposas da progênie dos homens, e geremos filhos.
6.2 And the Angels, the sons of Heaven, saw them and desired them. And they said to one another: “Come, let us choose for ourselves wives, from the children of men, and let us beget, for ourselves, children.” …


7.7 … Todo seu número era duzentos, os quais descendiam de Ardis, o qual é o topo do monte Armon. 7.8 Aquele monte portanto foi chamado Armon, porque eles tinham jurado sobre ele,
e amarraram-se por mútuo juramento.
6.6 And they were, in all, two hundred and they came down on Ardis, which is the summit of Mount Hermon. And they called the mountain Hermon because on it they swore and bound one another with curses. [fonte]

Apesar dos Anjos Caídos terem estabelecido um posto avançado no Monte Hermon, foi para a Antártida que eles foram removidos finalmente depois de perder a batalha celestial com os Anjos Justos, de acordo com a análise de Ben-Nun do Livro de Enoque.

Assista diretamente no YouTube:

Ben-Nun cita passagens do Livro de Enoque que são muito sugestivas de ser a Antártida de fato o local para onde Enoque foi levado para testemunhar eventos celestiais:

18.5 And I saw the winds on the Earth which support the clouds and I saw the paths of the Angels. I saw at the end of the Earth; the firmament of Heaven above.

18.6 And I went towards the south, and it was burning day and night, where there were seven mountains of precious stones, three towards the east and three towards the south.

18.7 And those towards the east were of coloured stone, and one was of pearl, and one of healing stone; and those towards the south, of red stone.

18.8 And the middle one reached to Heaven, like the throne of the Lord, of stibium, and the top of the throne was of sapphire.

O que é interessante na passagem acima é que Enoque se refere a um local que "estava queimando dia e noite". Ben-Nun acredita que isso se encaixa na descrição da Antártida durante a temporada de verão Hemisfério Sul, quando há luz solar por 24 horas.

Em relação às sete montanhas isso parece referir-se ao Monte Vinson na Cordilheira Sentinela da Antártica [Mt Vinson in the Sentinel Range of Antarctica] de acordo com Ben-Nun. Ele também se refere a seis montanhas próximas que poderiam qualificar-se como as montanhas descritas no Livro de Enoque.

Mt Vinson é a montanha a mais alta na Antártida, e fica situada para o meio da Cordilheira Sentinela. Teria se destacado tão espetacularmente com seus picos cobertos de neve nos tempos antigos, como faz hoje.

Em relação ao alinhamento sul e leste das seis montanhas adjacentes ao Mt Vinson descritas no Livro de Enoque, Ben-Nun especula que este era o alinhamento antes do catastrófico evento de inundação, que coincidiu com um deslocamento do eixo de rotação da Terra.


Isso corresponde à pesquisa conduzida por Sir Charles Hapgood, que afirma que as mudanças de polos têm sido uma ocorrência regular na história da Terra. Em seu livro de 1958, “Earth's Shifting Crust”, Hapgood propõe que uma mudança de polos tenha acontecido no final da última era glacial, cerca de 11.000 AC.

A conjectura de Ben-Nun é interessante, mas como se pode ver a partir do mapa mostrando a Cordilheira Sentinela onde está situado Mt Vinson, há muito mais do que sete montanhas. A conjectura de Ben-Nun não é conclusiva como ele próprio aponta. No entanto, ele nos dá uma possível localização dos aprisionados Anjos Caídos, Mt Vinson e / ou seis outras montanhas na Cordilheira Sentinela.

Ben-Nun passa a discutir o Livro de Enoque e sua referência aos aprisionados Anjos Caídos que foram removidos do Monte Hermon para a Antártica (Monte Vinson / Cordilheira Sentinela):

18.14 And like a spirit questioning me, the Angel said: “This is the place of the end of Heaven and Earth; this is the prison for the Stars of Heaven and the Host of Heaven.

18.15 And the stars which roll over the fire, these are the ones which transgressed the command of the Lord, from the beginning of their rising, because they did not come out at their proper times.

18.16 And He was angry with them, and bound them until the time of the consummation of their sin, in the Year of Mystery.

A referência de Ben-Nun aos Anjos Caídos ainda vivos em sua prisão na Antártica levanta uma intrigante possibilidade. O Livro de Enoque descreve um futuro "Ano do Mistério" [“Year of Mystery”] quando eles são libertados. Este é o evento que vamos testemunhar em breve?

Para uma resposta, podemos começar por analisar alguns paralelos intrigantes entre a análise de Ben-Nun do Livro de Enoque, e as revelações recentes do informante/denunciante do programa espacial secreto Corey Goode sobre a Antártida.

Como a figura bíblica antediluviana Enoch, Goode diz que ele também foi levado para testemunhar eventos celestiais por um grupo de extraterrestres altamente evoluídos chamados de Seres da Aliança das Esferas [“Sphere Being Alliance”]. Como Enoque, Goode também foi convidado a atuar como um intermediário de ambos os lados em um conflito "celestial" ou do Sistema Solar.

Goode disse que isso começou em março de 2015, quando ele aceitou o papel de delegado dos Seres da Aliança das Esferas em negociações em curso entre diferentes facções e grupos ambos da Terra e de civilizações de fora do planeta [Terra].

Goode disse que ele foi levado a Antártida duas vezes para testemunhar eventos. O mais recente, em janeiro de 2017, possibilitou a ele ver os restos de uma civilização Pré-Adamita que floresceu até acontecer uma grande catástrofe global correspondente à grande inundação que destruiu cidades costeiras e terras baixas em todo o mundo cerca de 12-13 mil anos atrás .

Goode disse que os Pré-Adamitas sobreviveram ao entrar em “câmaras de estase” na maior das três naves-mães, de 5 km aproximadamente cada uma [three miles long motherships], que caíram na Terra cerca de 60.000 anos atrás, depois que os Pré-Adamitas foram expulsos da Lua devido a um conflito com a dominante facção extraterrestres lá existente.

Os Pré-Adamitas estabeleceram sua principal base de operações na Antártica e estabeleceram postos avançados na Ásia, Europa e Américas, de acordo com Goode. Conflito logo surgiu entre os Pré-Adamitas e outros grupos extraterrestres de aparência humana, que conduziam 22 experimentos genéticos com a Humanidade da superfície desde quase 500.000 anos.

É aqui que o relato histórico de Goode se assemelha com a análise de Ben-Nun do Livro de Enoque. Os Pré-Adamitas de Goode parecem ser os mesmos "Anjos Caídos" descritos no Livro de Enoque em termos de seus acasalamentos e / ou experimentos genéticos com a população humana local.

No caso do desembarque no Mt Hermon dos 200 Anjos Caídos, isto é consistente com a alegação de Goode de que os Pré-Adamitas estabeleceram colônias em toda a Terra onde eles geneticamente alteraram os humanos locais e posicionaram híbridos em posições de liderança.


Em relação aos Anjos Justos descritos no Livro de Enoque, estes parecem ser os grupos extraterrestres que estavam conduzindo os 22 experimentos genéticos de longo prazo que estavam sendo interferidos pelos Pre-Adamitas.

A Aliança Seres das Esferas - na medida em que eles nivelaram o campo de jogo para negociações construtivas entre diferentes programas espaciais e facções extraterrestres, os Anjos Caídos e os Anjos Justos de hoje - parecem estar desempenhando um papel semelhante ao Senhor onisciente mencionado no Livro de Enoch.

A análise de Ben-Nun de que os Anjos Caídos foram aprisionados na Antártida e ainda estão vivos corresponde à afirmação de Goode de que os Pré-Adamitas estão em câmaras de estase em uma de suas gigantescas naves-mães profundamente enterradas abaixo da Plataforma de Gelo Antártica.

Finalmente, Goode revelou que as escavações na Antártida estão em andamento, e que as câmaras de estase contendo os Pré-Adamitas foram encontradas. Os descendentes híbridos dos Pré-Adamitas, que estão entre as linhagens das famílias das elite que secretamente tem governado a Humanidade, estão ansiosos para obter acesso às câmaras de estase para despertar seus ancestrais.

O objetivo parece ser o de fazer os Pré-Adamitas reassumirem mais uma vez o seu domínio anterior em assuntos planetários, permitindo assim que o seus descendentes híbridos possam sair das sombras e diretamente governar a Humanidade. Isso sugere que o "Ano do Mistério" [“Year of Mystery”] mencionado no Livro de Enoque, quando os "Anjos Caídos" serão libertados, pode estar muito próximo.


Tudo isso leva a uma pergunta intrigante. É o próprio Goode um Enoque moderno que recebe papéis importantes no testemunho e na mediação entre diferentes facções humanas e extraterrestres como delegado da Aliança dos Seres das Esferas que parece ser funcionalmente idêntica à divindade conhecida no Livro de Enoque? Se assim for, isso sugeriria que o próprio Enoque foi um contatado extraterrestre da Aliança dos Seres das Esferas ou de um grupo semelhante, há 13.000 anos.

Se os Pré-Adamitas / Anjos Caídos são despertados / libertados,  então certamente haverá uma necessidade de lidar com eles e seus descendentes híbridos sobre quais papéis eles devem desempenhar conforme a Humanidade desperta para a verdade de sua história e a manipulação por parte de vários grupos extraterrestres e linhagens de famílias de elite.

© Michael E. Salla, Ph.D. Aviso de direitos autorais

*

tradução e postagem de contato estelar


Esta tradução pode ser publicada, postada, repostada em sites e blogs.